Mundial de SBK

Discussão em 'Moto--Competição' iniciado por [Fox], Fevereiro 25, 2008.

Tags:
  1. [Fox]

    [Fox] Old School

    [​IMG]

    Uma primeira corrida emocionante do princípio até ao final,
    viu Max Neukirchner aos comandos da sua Suzuki GSX-R 1000 partir na frente,
    seguido de perto por Troy Corser e Noriyuki Haga nas suas Yamaha YZF-R1,
    e por Max Biaggi e Ruben Xaus nas Ducati 1098 RS da Sterilgarda.
    Troy Bayliss e Michel Fabrizio (Ducati 1098 RS de fábrica)
    integravam também este pelotão da frente.


    A acção começou na sexta volta quando Biaggi ultrapassou Haga,
    que sofreu uma queda logo de seguida.
    Um incidente que reforçou certamente o ambiente hostil entre os dois pilotos,
    que já se verificava desde o ano passado.
    Biaggi forçou a passagem de um modo, digamos, “viril”...,
    e Haga levantou o braço para protestar contra a manobra do romano,
    mas não o deveria ter feito em plena curva...
    O japonês da Yamaha regressou à corrida no 25º lugar,
    vindo a recuperar até ao 14º posto.


    Biaggi também ultrapassou Troy Corser e iniciou a perseguição a Neukirchner.
    Uma volta depois já era líder da corrida.
    Logo atrás do “imperador romano”, Bayliss alcançou a segunda posição.
    As duas Ducati chegaram à última volta nos dois primeiros lugares,
    seguidas de perto por Troy Corser.
    A duas curvas da meta Bayliss ultrapassou Biaggi,
    que ainda tentou uma nova ultrapassagem mas sem resultado,
    tendo que se contentar com o segundo lugar,
    logo seguido de Corser.


    Na segunda corrida repetiu-se o cenário das duas Yamaha de Corser e Haga na frente,
    perseguidas pelas Ducati de Biaggi e Xaus e pela Suzuki de Fonsi Nieto,
    que, apesar de ter partido da terceira fila da grelha,
    viu o seu esforço recompensado após a grande luta que travou com Biaggi e com Xaus,
    tendo acabado a corrida na primeira posição,
    subindo ao lugar mais alto do pódio acompanhado de Xaus e Biaggi.
    Bayliss terminou em quarto lugar,
    logo à frente do seu colega de equipa Fabrizio.

    O circo de WSBK/SSP dirige-se agora para a Austrália,
    onde no próximo fim-de-semana se vai disputar a segunda ronda deste campeonato.





    Resultados – 1ª manga SBK


    Pos-Piloto-Moto-Team-Tempo

    1-Bayliss-Ducati 1098 F 08-Ducati Xerox-36’11.468
    2-Biaggi-Ducati -Sterilgarda Go Eleven-+0.396
    3-Corser-Yamaha YZF R1-Yamaha Motor Italia WSB-+1.878
    4-Xaus-Ducati 1098 RS 08-Sterilgarda Go Eleven-+4.487
    5-Neukirchner-SuzukiGSXR1000K7-TeamAlstareSuzuki-+7.505



    Resultados – 2ª manga SBK


    Pos-Piloto-Moto-Team-Tempo

    1-Nieto-Suzuki GSX-R1000-Alstare Suzuki-36’12.963
    2-Xaus-Ducati 1098 RS 08-Sterilgarda Go Eleven-+0.301
    3-Biaggi-Ducati 1098 RS 08-Sterilgarda Go Eleven-+1.321
    4-Bayliss-Ducati 1098 F 08-Ducati Xerox-+6.452
    5-Fabrizio-Ducati 1098 F 08-Ducati Xerox-+7.627



    Resultados do Campeonato



    Pos-Piloto-Moto-Team-Pontos

    1-Bayliss-Ducati 1098 F 08-Ducati Xerox-38
    2-Biaggi-Ducati 1098 RS 08-Sterilgarda Go Eleven-36
    3-Nieto-Suzuki GSX-R1000-Alstare Suzuki-34
    4-Xaus-Ducati 1098 RS 08-Sterilgarda Go Eleven-33
    5-Corser-Yamaha YZF R1-Yamaha Motor Italia WSB-25
    6-Neukirchner-Suzuki GSX-R1000-Team Alstare Suzuki-19
    7-Fabrizio-Ducati 1098 F 08-Ducati Xerox-18
    8-Checa-Honda CBR1000RR-Hannspree Ten Kate Honda-15
    9-Smrz-Ducati 1098 RS 08-Guandalini Racing by Grifo-13
    10-Lanzi-Ducati 1098 RS 08-R. G. Team-10
     
  2. [Fox]

    [Fox] Old School

    [​IMG]
    Na segunda ronda do Mundial de Superbikes, que decorreu em Phillip Island na Austrália, no passado fim-de-semana, a estrela foi Troy Bayliss, que ganhou tudo o que havia para ganhar, naquela que terá sido a sua última exibição em casa, já que o australiano anunciou a sua retirada das pistas no final desta temporada.

    Bayliss foi o melhor na “superpole”, venceu a primeira e a segunda mangas da corrida, e quase não teve concorrência, já que o único oponente parecia ser Biaggi, que não conseguiu evitar uma tremenda queda no final da primeira manga, que poderia ter tido muito más consequências, e ainda uma segunda queda na segunda manga que provocou a fractura de um pulso.

    Se tiver que ser dado algum mérito extra, será seguramente a Carlos Checa que, aos comandos da sua Honda CBR 1000 RR, conseguiu na segunda manga um brilhante 2º lugar, naquela que foi apenas a sua quarta corrida nesta modalidade após a sua saída do MotoGP.

    Troy Corser conseguiu acabar a primeira corrida em segundo lugar, mas na segunda manga sofreu uma queda e não pontuou, e Noriyuki Haga debateu-se com problemas de pneus em ambas as mangas, tendo o seu desempenho sido muito modesto.





    Resultados primeira manga:


    1. Bayliss T. (Ducati) 22 voltas
    2. Corser T. (Yamaha) a 4.221
    3. Fabrizio M. (Ducati) a 4.738
    4. Xaus R. (Ducati) a 5.171
    5. Nieto F. (Suzuki) a 5.543
    6. Checa C. (Honda) a 5.895
    7. Neukirchner M. (Suzuki) a 5.964
    8. Haga N. (Yamaha) a 14.826
    9. Kiyonari R. (Honda) a 18.899
    10. Rolfo R. (Honda) a 20.633.



    Resultados segunda manga:

    1. Bayliss T. (Ducati) 22 voltas;
    2. Checa C. (Honda) a 1.127;
    3. Nieto F. (Suzuki) a 4.395;
    4. Xaus R. (Ducati) a 6.621;
    5. Neukirchner M. (Suzuki) a 11.550;
    6. Kiyonari R. (Honda) a 11.620;
    7. Haga N. (Yamaha) a 12.049;
    8. Lavilla G. (Honda) a 12.134;
    9. Holland R. (Honda) a 13.462;
    10. Muggeridge K. (Honda) a 15.519.



    Campeonato Pilotos:

    1. Bayliss 88
    2. Nieto 61
    3. Xaus 59
    4. Corser 45
    5. Checa 45
    6. Neukirchner 39

    Campeonato Construtores:
    1. Ducati 95
    2. Suzuki 63
    3. Yamaha 54
    4. Honda 46

    5. Kawasaki 7​
     
  3. [Fox]

    [Fox] Old School

    Neukirchner e Haga reis em Monza



    [​IMG]

    Max Neukirchner (Suzuki GSX-R 1000) venceu a primeira manga da quinta ronda do Mundial de Superbike, disputada no “Autodromo Nazionale di Monza”, depois de uma animada luta que manteve com Yukio Kagayama (também em Suzuki), Troy Bayliss e Noriyuki Haga (Yamaha YZF-R1), que terminou a corrida em segundo lugar, muito perto do piloto alemão. Aliás, ao longo da corrida, os quatro primeiros rodaram quase sempre “dentro” do mesmo segundo.


    O líder do campeonato, Troy Bayliss (Ducati 1098 F08), acabou por subir ao lugar mais baixo do pódio, logo atrás de Neukirchner e Haga, ao aproveitar uma série de erros cometidos por Kagayama que acabou por terminar em quarto lugar. Max Biaggi (Ducati 1098 F08) foi quinto, tendo recuperado de uma partida do nono lugar da grelha. A primeira Honda a cortar a meta foi a de Ryuichi Kiyonari no sexto lugar, na frente de Fonsi Nieto (Suzuki GSX-R 1000) e de Carlos Checa (Honda CBR 1000 RR).


    A segunda manga foi ganha por Noriyuki Haga, com uma vantagem de apenas nove milésimas de segundo sobre Neukirchner (uma diferença histórica pois em toda a história deste campeonato esta é a quinta diferença mais pequena entre os dois primeiros pilotos no final de uma corrida), logo seguidos por Ryuichi Kiyonari, que mostrou em Monza a sua fantástica forma aos comandos da Honda CBR 1000 RR da Ten Kate.

    No quarto lugar acabou Fonsi Nieto, que também chegou a liderar a corrida, e em quinto terminou Michel Fabrizio (Ducati 1098 F08). Karl Muggeridge (Honda CBR 1000 RR) foi o sexto.

    Troy Bayliss viu-se a braços com problemas de motor, tendo acabado por desistir à sexta volta, quando ia em terceiro lugar na corrida. Também Carlos Checa e Max Biaggi desistiram, tendo Biaggi sofrido uma colisão com a traseira da moto de Jakub Smrz (Ducati 1098 F08) que entrou “demasiado à-vontade”, e por dentro, na chicane, posicionando-se na trajectória de Biaggi, que não o viu, tendo-lhe este “encontro” causado ferimentos novamente na mão esquerda. Mais um azar para o “Imperador Romano”, que parecia já estar a recuperar a forma depois do acidente sofrido na Austrália, que teve como consequência a fractura do pulso esquerdo.

    Kenan Sofuoglu, o campeão em título de Supersport e que alinha em SBK na formação da Ten Kate, mas que até à data não parece muito ambientado ao novo escalão, já que apenas ocupa o décimo sétimo lugar no campeonato, e tendo tido o seu melhor resultado um modesto décimo lugar logo na ronda inicial, não participou nas corridas de Monza devido ao facto do seu irmão Sinan, de 25 anos de idade, várias vezes campeão turco de motociclismo, ter falecido, na passada sexta-feira, na unidade de cuidados intensivos do Hospital Universitário de Kocaeli, vítima de um acidente em pista no circuito de Körfez nos treinos para o campeonato nacional de motociclismo da sua terra natal, a Turquia. Sinan sofreu rotura das vértebras cervicais e um violento trauma na base do crâneo, acompanhados de danos severos nos pulmões, acabando por falecer poucas horas mais tarde.







     
  4. xisarsan

    xisarsan Old School

    BMW e Aprilia ingressam nas Superbikes

    Grelha lotada para 2009

    [​IMG]


    A chegada da BMW e da Aprilia no próximo ano e a previsível entrada em cena da KTM em 2010, obrigou os responsáveis do "Mundial" de Superbikes a reformular o número de motos que formaram a grelha de partida.

    Até agora são 28 os lugares permanentes em todo o campeonato, mais um máximo de seis "wild-card", mas no próximo ano serão um total de 34 lugares fixos mais apenas dois pilotos convidados por corrida.

    Entretanto, os responsáveis pelo campeonato têm agendado vetar a electrónica já em 2009

    Assim, esperava-se que Paolo Flamini pudesse confirmar em Portugal, o que não aconteceu, que será proibido utilizar suspensões electrónicas já a partir da próxima época.

    Uma decisão que visa colocar travão nos custos e favorecer o espectáculo.
     
  5. xisarsan

    xisarsan Old School

    Todos contra Spies em Valência

    [​IMG]



    O Campeonato do Mundo de Superbikes/Supersport chega à Europa com a terceira prova, que se disputa no próximo fim-de-semana no circuito Ricardo Tormo, em Valencia, Espanha.

    Na Austrália e no Qatar confirmaram-se as expectativas da competitividade e espectacularidade de um "Mundial" mais disputado do que nunca. A reformulação de algumas equipas importantes e a chegada de outras novas (Aprilia e BMW), bem assim como novos pilotos, enriqueceu o campeonato.

    Um dos estreantes, o norte-americano Bem Spies (Yamaha) é o piloto a bater, depois de um início de campeonato espectacular, em que somou duas "superpole" e três vitória nas quatro corridas já disputadas. No entanto, apesar do talento natural e capacidade de vencer a nova Yamaha R1 foi a arma que permitiu a Spies ""explodir" e realizar um "arranque" de época a todo o gás. O norte-americano só falhou a liderança no campeonato, que está na posse do japonês Noriyuki Haga.

    O principal favorito, Spies, também é um dos "rookies" do campeonato, que ao contrário do Qatar conhece o circuito de Valência, já que ali rodou em 2007 com uma Suzuki de MotoGP. Teoricamente, o seu adversário mais forte é o comandante do campeonato, Haga que, com um início de temporada irrepreensível (a melhor da sua carreira), chega a Espanha no primeiro lugar com uma vantagem de 10 pontos para Spies, e que vai defender a liderança num dos seus traçados preferidos.

    O terceiro da tabela é Max Biaggi, que este ano regressou à casa Aprilia, marca com que ganhou fama e títulos no "Mundial" de 250cc.Apesar da sua juventude, a moto italiana parece ter o potencial necessário para o piloto "Mad" Max lutar pelo título, e o italiano tentará com o seu reconhecido talento justificar a candidatura ao campeonato na selectiva pista de Valência.

    John Hopkins ruma às SBK

    Apesar do desastre que constituiu a corrida do Qatar para a equipa oficial da Suzuki, depois de ter sido uma das grandes protagonistas da prova de abertura na Austrália, em Valência Max Neukirchner promete regressar à luta pelo pódio, o mesmo discurso que se aplica a Michel Fabrizio , o colega de Haga na equipa oficial da Ducati. No próximo fim-de-semana em Valência, John Hopkins é talvez o único que pode "roubar" protagonismo ao seu compatriota Spies, não porque possa ganhar a corrida, mas porque vai estrear-se nas Superbikes depois de oito anos de presença nas MotoGP, encerrada em consequência do abandono da Kawasaki.

    A correr em casa, os pilotos espanhóis tentarão surpreender os adversários com o seu perfeito conhecimento do traçado e o apoio do público para oferecer uma alegria aos milhares de compatriotas que são esperados em Valencia. Rubens Xaus, na estreante BMW S 1000 RR e Carlos Checa (Honda, são os melhores apetrechados mecanicamente e com talento para lutar pelo pódio. Também os três mais rápidos dos pilotos privados, Shabe Byrne, Regis Laconi e Jacub Smrz conseguiram nas duas primeiras provas imiscuir-se na luta pelos lugares da cabeça do pelotão, daí que se aguarde com alguma curiosidade para ver do que são capazes de fazer na prova espanhola.
     
  6. xisarsan

    xisarsan Old School

    Max Biaggi lidera qualificação das Superbikes em Valência

    [​IMG]





    Max Biaggi, com uma Aprilia, foi o piloto mais rápido da primeira sessão de Qualificação das World Superbikes, que este fim-de-semana visita o Circuito Ricardo Torno, em Valência.

    O italiano conseguiu bater o 'rookie' sensação deste inicio de temporada, Ben Spies (Yamaha), a cerca de dez minutos do término da sessão, ficando em boa posição para se manter na 'pole' para a corrida.

    Aliás, logo atrás de Biaggi ficaram os vencedores das duas últimas rondas, com Spies, como já foi referido, e Noriyuki Haga (Ducati), que foi o terceiro. Michel Fabrizio (Ducati) completou a primeira linha provisória, ao passo que Tom Sykes foi o quinto.

    Eis os tempos:

    1. Biaggi M. (ITA) Aprilia RSV4 Factory 1.34,775
    2. Spies B. (USA) Yamaha YZF R1 1'34.907
    3. Haga N. (JPN) Ducati 1098R 1'34.908
    4. Fabrizio M. (ITA) Ducati 1098R 1'35.243
    5. Sykes T. (GBR) Yamaha YZF R1 1'35.270
    6. Smrz J. (CZE) Ducati 1098R 1'35.278
    7. Neukirchner M. (GER) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'35.285
    8. Kagayama Y. (JPN) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'35.316
    9. Rea J. (GBR) Honda CBR1000RR 1'35.328
    10. Kiyonari R. (JPN) Honda CBR1000RR 1'35.372
    11. Nakano S. (JPN) Aprilia RSV4 Factory 1'35.416
    12. Laconi R. (FRA) Ducati 1098R 1'35.489
    13. Corser T. (AUS) BMW S1000 RR 1'35.516
    14. Haslam L. (GBR) Honda CBR1000RR 1'35.535
    15. Checa C. (ESP) Honda CBR1000RR 1'35.541
     
  7. xisarsan

    xisarsan Old School

    Campeonato do Mundo de Superbikes /Valência (Espanha)

    Ben Spies continua imparável

    [​IMG]



    Ben Spies justificou em Valência o título de "rei" dos treinos do "Mundial" de Superbikes, ao conquistar a terceira "polé-position" consecutiva da época, em outras tantas provas até agora realizadas.

    No circuito Ricardo Tormo, o piloto norte-americano da Yamaha, esteve de novo imparável e necessitou apenas dos últimos cinco minutos dos treinos ("superpole") para estabelecer um novo recorde do circuito e conquistar o primeiro lugar da grelha de partida, mesmo depois de ter perdido precisos minutos na sua box, devido a um problema técnico na sua Yamaha .

    A contrastar com o desempenho de Spies e da Yamaha, a grade desilusão da "superpole" foi protagonizada por Max Biaggi, que até então se tinha mostrado o mais perigo adversário do piloto norte-americano. O piloto italiano foi penalizado por problemas técnicos na Aprilia, que o atiraram para um modesto 18º lugar da "grelha de partida".

    Com Biaggi afastado da luta, coube mais uma vez às Ducati o papel de tentar acabar com a carreira vitoriosa de Spies. Mas, ao contrário do que seria de esperar foi uma privada, a pilotada pelo francês Regis Laconi, a conquistar o segundo lugar da grelha, à frente das motos oficiais do líder do campeonato "Nitro" Haga e Fabrizio, que fechou a primeira linha da grelha.

    Na segunda linha posicionaram-se duas Suzukis e duas Hondas, respectivamente de Yukio Kagayama e Max Neukirchner, e Johnny Rea e Carlos Checa, que sofreu uma queda, à semelhança do seu compatriota Ruben Xaus (BMW).

    Mais infeliz foi o japonês Shynia Nakano (Aprilia), que não participou na "superpole", depois de ter fracturado uma clavícula, em consequência de uma queda no primeiro treino de qualificação.



    1 Spies Yamaha YZF R 1 1'33.270
    2 Laconi Ducati 1098R 1'33.955
    3 Haga Ducati 1098R 1'34.082
    4 Fabrizio Ducati 1098R 1'34.259
    5 Kagayama Suzuki GSX-R 1000 K9 1'34.755
    6 Neukirchner Suzuki GSX-R 1000 K9 1'34.903
    7 Rea Honda CBR1000RR 1'35.056
    8 Checa (ESP) Honda CBR1000RR 1'35.346
    9 Kiyonari Honda CBR1000RR 1'34.536
    10 Haslam Honda CBR1000RR 1'34.655
     
  8. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ben Spies não dá hipóteses nas Superbikes

    [​IMG]



    Ben Spies é mesmo um caso sério nas World Superbikes. O piloto norte-americano da Yamaha voltou a demonstrar todo o seu talento, ao garantir a sua quarta 'pole' consecutiva e logo no seu ano de estreia.

    Em Assen, na Holanda, Spies voltou a não deixar os seus créditos por mãos alheias, batendo o recorde da pista e conquistando mais uma 'pole', com uma volta em 1.37,626s, pouco mais de um décimo na frente de Jakub Smrz, numa Ducati.

    Leon Haslam foi o terceiro mais veloz, naquela que é primeira vez que a equipa Stiggy Racing Honda chega à linha da frente, sendo logo seguido por Noriyuki Haga.

    Michel Fabrizio foi o quinto, Max Neukirchner o sexto, Carlos Checa o sétimo e Tom Sykes o oitavo.

    Para John Hopkins, este seu regresso ao circuito holandês é que não correu bem, uma vez que uma queda violenta sofrida ontem irá obrigá-lo a estar de fora por algumas semanas, em virtude duma rotura de ligamentos em redor do fémur.

    1 19 Spies B. (USA) Yamaha YZF R1 1'37.626
    2 96 Smrz J. (CZE) Ducati 1098R 1'37.765
    3 91 Haslam L. (GBR) Honda CBR1000RR 1'38.072
    4 41 Haga N. (JPN) Ducati 1098R 1'38.202
    5 84 Fabrizio M. (ITA) Ducati 1098R 1'38.215
    6 76 Neukirchner M. (GER) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.353
    7 7 Checa C. (ESP) Honda CBR1000RR 1'38.640
    8 66 Sykes T. (GBR) Yamaha YZF R1 1'38.790
    9 71 Kagayama Y. (JPN) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.288
    10 3 Biaggi M. (ITA) Aprilia RSV4 Factory 1'38.441
    11 65 Rea J. (GBR) Honda CBR1000RR 1'38.510
    12 55 Laconi R. (FRA) Ducati 1098R 1'38.521
    13 31 Muggeridge K. (AUS) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.802
    14 67 Byrne S. (GBR) Ducati 1098R 1'38.811
    15 11 Corser T. (AUS) BMW S1000 RR 1'38.906
    16 9 Kiyonari R. (JPN) Honda CBR1000RR 1'39.079
    17 33 Hill T. (GBR) Honda CBR1000RR 1'39.387
    18 24 Roberts B. (AUS) Ducati 1098R 1'39.390
    19 56 Nakano S. (JPN) Aprilia RSV4 Factory 1'39.569
    20 111 Xaus R. (ESP) BMW S1000 RR 1'39.643
    21 94 Checa D. (ESP) Yamaha YZF R1 1'40.496
    22 25 Salom D. (ESP) Kawasaki ZX 10R 1'40.572
    23 32 Easton S. (GBR) Kawasaki ZX 10R 1'40.608
    24 77 Iannuzzo V. (ITA) Honda CBR1000RR 1'41.014
    25 100 Tamada M. (JPN) Kawasaki ZX 10R 1'41.057
    26 15 Baiocco M. (ITA) Kawasaki ZX 10R 1'41.062
    27 99 Scassa L. (ITA) Kawasaki ZX 10R 1'41.085
    28 88 Resch R. (AUT) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'41.978
     
  9. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ben Spies não dá hipóteses nas Superbikes

    [​IMG]



    Ben Spies é mesmo um caso sério nas World Superbikes. O piloto norte-americano da Yamaha voltou a demonstrar todo o seu talento, ao garantir a sua quarta 'pole' consecutiva e logo no seu ano de estreia.

    Em Assen, na Holanda, Spies voltou a não deixar os seus créditos por mãos alheias, batendo o recorde da pista e conquistando mais uma 'pole', com uma volta em 1.37,626s, pouco mais de um décimo na frente de Jakub Smrz, numa Ducati.

    Leon Haslam foi o terceiro mais veloz, naquela que é primeira vez que a equipa Stiggy Racing Honda chega à linha da frente, sendo logo seguido por Noriyuki Haga.

    Michel Fabrizio foi o quinto, Max Neukirchner o sexto, Carlos Checa o sétimo e Tom Sykes o oitavo.

    Para John Hopkins, este seu regresso ao circuito holandês é que não correu bem, uma vez que uma queda violenta sofrida ontem irá obrigá-lo a estar de fora por algumas semanas, em virtude duma rotura de ligamentos em redor do fémur.

    1 19 Spies B. (USA) Yamaha YZF R1 1'37.626
    2 96 Smrz J. (CZE) Ducati 1098R 1'37.765
    3 91 Haslam L. (GBR) Honda CBR1000RR 1'38.072
    4 41 Haga N. (JPN) Ducati 1098R 1'38.202
    5 84 Fabrizio M. (ITA) Ducati 1098R 1'38.215
    6 76 Neukirchner M. (GER) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.353
    7 7 Checa C. (ESP) Honda CBR1000RR 1'38.640
    8 66 Sykes T. (GBR) Yamaha YZF R1 1'38.790
    9 71 Kagayama Y. (JPN) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.288
    10 3 Biaggi M. (ITA) Aprilia RSV4 Factory 1'38.441
    11 65 Rea J. (GBR) Honda CBR1000RR 1'38.510
    12 55 Laconi R. (FRA) Ducati 1098R 1'38.521
    13 31 Muggeridge K. (AUS) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'38.802
    14 67 Byrne S. (GBR) Ducati 1098R 1'38.811
    15 11 Corser T. (AUS) BMW S1000 RR 1'38.906
    16 9 Kiyonari R. (JPN) Honda CBR1000RR 1'39.079
    17 33 Hill T. (GBR) Honda CBR1000RR 1'39.387
    18 24 Roberts B. (AUS) Ducati 1098R 1'39.390
    19 56 Nakano S. (JPN) Aprilia RSV4 Factory 1'39.569
    20 111 Xaus R. (ESP) BMW S1000 RR 1'39.643
    21 94 Checa D. (ESP) Yamaha YZF R1 1'40.496
    22 25 Salom D. (ESP) Kawasaki ZX 10R 1'40.572
    23 32 Easton S. (GBR) Kawasaki ZX 10R 1'40.608
    24 77 Iannuzzo V. (ITA) Honda CBR1000RR 1'41.014
    25 100 Tamada M. (JPN) Kawasaki ZX 10R 1'41.057
    26 15 Baiocco M. (ITA) Kawasaki ZX 10R 1'41.062
    27 99 Scassa L. (ITA) Kawasaki ZX 10R 1'41.085
    28 88 Resch R. (AUT) Suzuki GSX-R 1000 K9 1'41.978
     
  10. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ben Spies não dá hipóteses em Kyalami





    O 'rookie' Ben Spies tem mesmo de ser considerado como um caso sério nas Superbikes. Uma vez mais, o jovem norte-americano voltou a conquistar uma 'pole', a sexta em seis provas, desta feita em Kyalami, embora tenha tido de se aplicar ao máximo nesta sessão, pois bateu Michel Fabrizio por apenas 0,001s.

    Spies deu tudo o que tinha na sua última tentativa, efectuando uma volta em 1.37,288s, relegando Fabrizio para o segundo posto, quando já nada o fazia prever.

    Max Biaggi colocou-se em terceiro, ao passo que o líder do mundial, Noriyuki Haga ficou com o quarto melhor tempo. Jonathan Rea ficou em quinto, Jakub Smrz em sexto, Carlos Checa em sétimo e Tom Sykes em oitavo.

    1. Ben Spies USA Yamaha WSB YZF R1 1.37.288s
    2. Michel Fabrizio ITA Ducati Xerox 1098R 1.37.289s
    3. Max Biaggi ITA Aprilia Racing RSV-4 1.37.466s
    4. Noriyuki Haga JPN Ducati Xerox 1098R 1.37.544s
    5. Jonathan Rea GBR HANNspree Ten Kate Honda CBR1000RR 1.37.634s
    6. Jakub Smrz CZE Guandalini Racing Ducati 1098R 1.37.677s
    7. Carlos Checa ESP HANNspree Ten Kate Honda CBR1000RR 1.37.940s
    8. Tom Sykes GBR Yamaha WSB YZF R1 1.38.241s
    9. Shinya Nakano JPN Aprilia Racing RSV-4 1.37.935s
    10. Leon Haslam GBR Stiggy Motorsport Honda CBR1000RR 1.37.988s
    11. Sheridan Morais RSA Kawasaki SRT ZX-10R 1.38.013s
    12. Ryuichi Kiyonari JPN Ten Kate Honda CBR1000RR 1.38.081s
    13. Yukio Kagayama JPN Alstare Suzuki GSX-R 1000K9 1.38.130s
    14. Shane Byrne GBR Sterilgarda Ducati 1098R 1.38.171s
    15. Ruben Xaus ESP BMW Motorrad S1000RR 1.38.194s
    16. Gregorio Lavilla ESP Guandalini Racing Ducati 1098R 1.38.733s
    17. Broc Parkes AUS Kawasaki SRT ZX-0R 1.38.766s
    18. Luca Scassa ITA Team Pedercini Kawasaki ZX-10R 1.38.779s
    19. David Salom ESP Team Pedercini Kawasaki ZX-10R 1.38.880s
    20. Tommy Hill GBR HANNspree Althea Honda CBR1000RR 1.39.001s
    21. Fonsi Nieto ESP Alstare Suzuki GSX-R 1000K9 1.39.831s
    22. Karl Muggeridge AUS Celani Suzuki GSX-R1000 1.39.852s
    23. Steve Martin AUS BMW Motorrad S1000RR 1.41.227s
    24. Shaun Whyte ZIM Yamaha France GMT 94 1.41.737s
     
  11. xisarsan

    xisarsan Old School

    Depois de queda violenta em Kyalami

    Regis Laconi em coma induzido

    [​IMG]



    O piloto de Superbikes Regis Laconi encontra-se em coma induzido, embora em condição estável, no seguimento de uma violenta queda ontem, nos treinos livres em Kyalami.

    O piloto francês sofreu uma queda logo na sua primeira volta nos treinos, tendo batido de forma violenta com a cabeça no asfalto, com o piloto a receber os primeiros cuidados logo no local, para depois ser transferido para o principal hospital de Joanesburgo, o Sunninghill Hospital.

    Os primeiros exames feitos revelaram que o motard sofreu sérias lesões nas costas, partindo as vértebras C3 e C5, bem como concussões graves e danos nos pulmões, com a equipa médica a optar por induzir Laconi em coma para melhor avaliar os desenvolvimentos do seu estado de saúde.

    Devido à sua condição, os médicos optaram por adiar a intervenção cirúrgica prevista para a noite passada, a conselho do neurocirurgião Maurizio Zorzi.

    Ainda assim, os últimos exames revelaram que Laconi não sofreu danos no seu sistema nervoso, naquela que é uma boa indicação, encontrando-se 'estável' mas ainda com prognóstico reservado.

    De acordo com o site oficial das Superbikes, poderá demorar três semanas até que se conheçam todos os pormenores das lesões, pelo que Laconi irá permanecer imobilizado durante todo esse tempo, por forma a evitar qualquer outro dano.
     
  12. xisarsan

    xisarsan Old School

    Regis Laconi já saiu do coma






    O piloto de Superbikes Regis Laconi demonstra já sinais de melhoras, com o francês de 33 anos a sair do estado de coma induzido em que havia sido colocado na passada sexta-feira, após uma violenta queda na pista de Kyalami, na Africa do Sul.

    Correntemente internado no Hospital de Sunninghill, na África do Sul, Laconi começa a denotar melhorias no seu estado de saúde, tanto mais que após sair do coma os seus braços e pernas movimentaram-se de forma autónoma. face a estes sinais encorajadores, os médicos decidiram agendar para amanhã uma intervenção cirúrgica com o intuito de colocar uma placa para estabilizar as duas vértebras partidas (C3 e C5).

    Após a operação, Laconi terá de ficar imobilizado por mais duas semanas no mesmo hospital, pelo que talvez no final do mês possa ser transferido para Paris, onde irá completar a sua recuperação. Quanto aos problemas neurológicos, as melhorias também já se começam a notar, deixando assim os médicos mais optimistas quanto à progressão do seu estado de saúde.
     
  13. xisarsan

    xisarsan Old School

    Biaggi e Spies no podio de Brno

    [​IMG]



    Max Biaggi (Aprilia) e Ben Spies (Yamaha) repartiram as vitórias nas duas corridas da décima prova do "Mundial" de Superbikes realizadas Domingo no circuito de Brno, na República Checa.


    O regressado Noriyuki Haga conservou o comando no campeonato, mas viu a vantagem sobre Spies reduzida a sete pontos.


    Na primeira "manga" um erro de Michael fabrizio , provocou o contacto com Sipes, que seguia na liderança da corrida, e a queda de ambos, deixando via aberta para o primeiro triunfo de Max Biaggi com a Aprilia em Superbikes, no regresso da marca italiana às vitórias o que acontecia desde Imola em 2001. O piloto romano foi acompanhado no pódio pelos pilotos da Honda, Carlos Checa e Jonathan Rea, segundo e terceiro, respectivamente. Ainda a recuperar das graves lesões sofridas na corrida realizada em Donington Park, Haga conquistou um encorajador oitavo lugar.


    Na segunda corrida, Ben Spies impós a lei do mais forte, enquanto que Fabrizio e Biaggi travaram um cerrado duelo pelo segundo posto, favorável ao piloto da Aprilia.


    O outro herói da corrida, Haga, foi sexto, pós uma prova plena de sacrificio, dado o seu estado fisico delibitado, o que lhe permitiu conservar a liderança no campeonato, cada vez mais ameaçada por Spies que é segundo, a escassos sete pontos do japonês.


    O campeonato prossegue no próximo dia sete de Setembro em Nurburgring.



    autosport
     
  14. xisarsan

    xisarsan Old School

    Vermeulen trocará MotoGP pela Kawasaki Superbikes em 2010


    A equipe Kawasaki da categoria World Superbike (WSB) anunciou a contratação de Chris Vermeulen, que atualmente disputa a MotoGP pela Suzuki. Com isso, o piloto australiano retorna ao campeonato no qual correu em 2004 e 2005.

    “A estrutura da Kawasaki World Superbike evoluiu bem no seu primeiro ano sendo liderada por Paul Bird e seu experiente time”, disse Steve Guttridge, diretor de planejamento da Kawasaki Européia. “Para o ano que vem, nós percebemos que necessitamos dar um novo passo a frente para sermos competitivos no WSB”.

    “Nós acreditamos que o Chris pode ser a chave para isso. É um eufemismo dizer que estamos ansiosos para a próxima temporada agora, nós mal podemos esperar!”, concluiu Guttridge.

    Vermeulen, que iniciará seus testes com a moto WBS Ninja ZX-10R em novembro, disse que gostaria de começar seu treinamento antes do programado, mas que ele não foi permitido pela Suzuki.

    “Eu esperava dar uma volta no moto nos testes em Portimao após a corrida realizada lá, mas minha atual equipe não me liberará do contrato atual até o fim da temporada, o que é compreensível. Assim desta maneira, meu primeiro teste será em Autopolis no Japão no dia 18 e 19 de novembro", disse Vermeulen.


    Lucas Martins
     
  15. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ronda decisiva das Superbikes anima aniversário do Autódromo do Algarve

    [​IMG]



    O Autódromo Internacional do Algarve vai festejar o seu primeiro aniversário a 25 de Outubro com a realização da última ronda do Campeonato do Mundo de Superbikes, a mesma que se realizou o ano passado aquando da inauguração.

    No seu primeiro ano de 'vida', o AIA foi palco dos melhores e mais prestigiantes eventos desportivos e aproxima-se agora a altura de festejar. Não bastasse ser uma data especial, há ainda o factor acrescido de se decidir em Portimão os títulos mundiais de Superbike e Supersport.

    E não haveria melhor presente para o Autódromo Internacional do Algarve do que ver a sua equipa, a Parkalgar Honda, vencer o Campeonato do Mundo de Supersport (ocupam a segunda posição da tabela) mas também a sua corrida em casa. Os pilotos da equipa portuguesa, Eugene Laverty e Miguel Praia estão determinados em brilhar perante o seu público e que melhor presente poderia receber o AIA nesse dia tão especial?!

    Também na categoria máxima, as Superbikes, o título será entregue ou ao Japonês Noriyuki Haga ou ao americano Bem Spies, primeiro e segundo classificados respectivamente. A competitividade vai estar ao rubro e sabendo de antemão a espectacularidade destas motos em competição, é caso para dizer que o espectáculo está garantido.

    Para além da componente desportiva estão ainda planeadas outras iniciativas para o público que marque presença no Circuito.


    autosport
     
  16. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ben Spies obtém pole no Algarve

    [​IMG]



    Ben Spies conquistou a pole position para a derradeira corrida do Mundial de Superbikes, a disputar amanhã no Autódromo Internacional do Algarve, juntando mais uma ao seu vasto pecúlio desta temporada.

    Com uma volta em 1.42,412s, Spies (Yamaha) arrecadou o recorde da pista, ao passo que o seu mais directo adversário na luta pelo título, o japonês Noriyuki Haga (Ducati) não foi além da 10ª posição com 1.43,377s.

    Atrás do americano ficou Shane Byrne (Ducati) com 1.42,996s, que este ano não tem tido uma época fácil, seguido no terceiro posto por Michel Frabrizio (Ducati) com 1.43.015. A fechar a primeira linha da grelha está Jonathan Rea (Honda) com a marca de 1.43.126.

    Spies estava satisfeito com o seu resultado apesar de apresentar algumas cautelas para as corridas de amanhã: "Nunca se sabe o que pode acontecer, mas estou satisfeito com o resultado de hoje. Tenho estado rápido e constante, por isso estou certo que vou ser competitivo amanhã. Não vão ser corridas fáceis", disse.

    autosport
     
  17. xisarsan

    xisarsan Old School

    Ben Spies Campeão do Mundo de Superbikes

    [​IMG]



    O Autódromo Internacional do Algarve consagrou hoje os Campeões do Mundo de Superbike e Supersport naquela que foi a última ronda da temporada. Na categoria rainha, o estreante Ben Spies (Yamaha) bateu o seu mais directo adversário, Noriyuki Haga (Ducati) e leva para os Estados Unidos o título de Campeão. Nas Supersport, Cal Crutchlow (Yamaha) conseguiu sagrar-se campeão na vitória da Parkalgar Honda e Eugene Laverty. Miguel Praia o único piloto português na categoria ambicionava um lugar no pódio, mas um mau arranque condicionou a sua prestação e foi obrigado a terminar no top 10.


    As duas corridas de Superbike foram extremamente disputadas. Na primeira, Spies (Yamaha) a largar da 'pole' não deu tréguas aos seus adversários e conseguiu a vitória. Haga lutava desesperadamente para chegar a um lugar no pódio, no entanto, quando ocupava o quinto lugar sofre uma queda e viu a sua corrida terminada. No segundo lugar ficou Jonathan Rea (Honda) e a fechar o pódio, Max Biaggi (Aprilia). Na segunda, Spies também estava na 'pole', mas a vantagem nas contas do Campeonato permitiu-lhe fazer uma gestão do seu andamento sem correr riscos, terminando no quinto posto. O vencedor foi Michel Fabrizio (Ducati), em segundo ficou Noriyuki Haga (Ducati) que apesar do bom resultado, o mesmo foi insuficiente para bater Spies. Em terceiro e a conseguir o segundo pódio do dia ficou Janathan Rea (Honda).

    Ben Sipes chegou, viu e venceu e por isso não escondia a satisfação pelo título mundial: "Este foi um ano em que tudo foi novidade para mim mas ao mesmo tempo foi um ano repleto de coisas boas. Não poderia estar mais feliz com o desfecho do fim-de-semana. Em relação às corridas pouco há a dizer. Na primeira cumpri o objectivo de vencer e com a queda do Haga fiquei mais tranquilo para a segunda. Não havia necessidade de correr riscos. Tenho que agradecer à Yamaha que esteve sempre por trás a apoiar-me em tudo. Foi um ano brilhante para todos nós", disse o sucessor de Troy Bayliss.


    Cal Crutchlow chegou a Portimão com 19 pontos de vantagem para Eugene Laverty, por isso bastava-lhe gerir essa vantagem e foi exactamente o que fez. Crutchlow vence na festa da Parkalgar Honda que conseguiu a sua primeira vitória em casa: "Foi uma época difícil mas a equipa fez um excelente trabalho. Não me agradou ter terminado em quarto a corrida mas esse resultado bastava", disse.


    Laverty, da portuguesa Parkalgar Honda não ganhou a guerra mas ganhou a batalha: "Fiz o que me competia que era vencer. Penso que toda a equipa está de Parabéns por mais esta vitória que tem um sabor especial por ter sido conquistada em casa". Miguel Praia o único piloto português a efectuar este Campeonato estava algo desiludido: "Não era o resultado que esperava mas estou satisfeito por ter terminado mais uma vez no top 10".


    O Campeonato do Mundo de Superbike termina a sua temporada e regressa em Janeiro com os testes oficiais.


    Campeonato do Mundo de Superbike:
    1º Ben Spies (Yamaha) com 462 pontos; 2º Noriyuki Haga (Ducati) com 456; 3º Michel Fabrizio (Ducati) com 382 pontos; 4º Max Biaggi (Aprilia) com 319 pontos


    autosport
     
  18. pastor

    pastor Membro Li-ion

    SBK: Tardozzi deixa Ducati

    [​IMG]

    O director desportivo da equipa oficial da Ducati em Superbikes cessa as suas funções. Tardozzi lamenta ter de abandonar a marca para a qual trabalhou durante quase vinte anos, mas reconhece que estava a perder o estímulo necessário para continuar a fazer esse trabalho.

    Tardozzi sai da equipa oficial de SBK, seguindo o caminho do director da equipa júnior do Europeu de Superstock, Serafino Foti (que vai para a BMW Itália) e ao mesmo tempo que se sabe que Lívio Suppo trocará a equipa de MotoGP pela rival Honda.

    Quanto ao futuro de Tardozzi, o próprio reconhece que não tem nada acordado, mas a imprensa italiana começa a falar nas possibilidades Aprilia, BMW e até Yamaha.

    "motociclismo"
     
  19. pastor

    pastor Membro Li-ion

    Superbikes: Plantel está quase definido

    [​IMG]

    O plantel do Mundial de Superbikes 2010 está praticamente definido, com 19 dos 21 lugares previstos para a próxima época a estarem já preenchidos.

    Ainda assim, o número é claramente inferior ao da época passada, quando quase 30 pilotos iniciaram o Mundial, embora seja previsível que mais alguns lugares sejam confirmados até ao início do campeonato, a 28 de Fevereiro, na Austrália.

    A última adição é a nova equipa-satélite da BMW, a Reitwagen, que poderá alinhar duas motos, uma delas para o jovem austríaco Roland Resch. A regressada Pedercini tem confirmadas duas Kawasaki, mas ainda não anunciou os seus pilotos.

    Sterilgarda muito forte

    Da lista já confirmada, destaque para James Toseland e Chris Vermeulen, que regressam às Superbikes depois de passagens algo desapontantes pelo MotoGP. A equipa oficial da Yamaha perdeu o campeão Ben Spies mas com o bicampeão Toseland (na foto) e o promissor Cal Crutchlow terá, provavelmente, a dupla mais forte do plantel.

    A Ten Kate Honda terá também dois pilotos muito rápidos, o fogoso Jonathan Rea e o novo recruta Max Neukirchner, que saiu de forma pouco amigável da Alstare Suzuki. Esta foi buscar Leon Haslam para o lugar do alemão, enquanto a Aprilia escolheu o campeão britânico Leon Camier para ser o novo companheiro de Max Biaggi. Inalteradas ficam as duplas oficiais da Ducati e BMW.

    Plantel Mundial de Superbikes 2010

    Xerox Ducati: Noriyuki Haga / Michel Fabrizio
    Ten Kate Honda: Jonathan Rea / Max Neukirchner
    Sterilgarda Yamaha: Cal Crutchlow / James Toseland
    Alitalia Aprilia: Max Biaggi / Leon Camier
    PBM Kawasaki: Chris Vermeulen / Tom Sykes
    Alstare Suzuki: Leon Haslam / Sylvain Guintoli
    BMW: Troy Corser / Ruben Xaus
    Althea Ducati: Shane Byrne/ Carlos Checa
    Guandalini Aprilia: Jakub Smrz
    Echo CRS Honda: Broc Parkes
    Reitwagen Racing BMW: Roland Resch
    Pedercini Kawasaki: a confirmar




    autosport
     
  20. xisarsan

    xisarsan Old School

    Bilhetes para as Superbike já estão à venda

    [​IMG]



    A segunda ronda do Campeonato do Mundo de Superbike de 2010 vai ter lugar no Autódromo Internacional do Algarve no fim-de-semana de 26 a 28 de Março e os bilhetes para a prova já se encontram à venda no site do Circuito.



    Além de estarem já à venda, o AIA apresenta até ao próximo dia 31 de Janeiro valores promocionais.


    Assim, para quem comprar quatro bilhetes de bancada principal, um dos ingressos é gratuito. Até ao próximo dia 31 de Janeiro os valores dos bilhetes apresentam aproximadamente 35% de desconto, ao passo que as crianças com idade inferior a 12 anos não pagam bilhete desde que acompanhadas por um adulto com ingresso válido.


    Outra novidade é a possibilidade dos portadores de Bilhetes de Bancada Principal poderem assistir às provas também dos outros stands. O mesmo acontece com os portadores de bilhete das restantes bancadas: não têm acesso à bancada principal mas podem rodar por todos os outros stands.


    Um fim-de-semana competitivo, de grande nível, onde estará a equipa da casa, vice-campeã de 2009. A Parkalgar Honda pelas mãos de Miguel Praia e Eugene Laverty vai estar na luta pela vitória e pela conquista do título.



    autosport
     

Compartilhe esta Página

Engisat