Tamanho do pênis influencia o orgasmo feminino?

Discussão em 'Saúde' iniciado por MagalhaesFT, Junho 24, 2009.

  1. MagalhaesFT

    MagalhaesFT Staff Admin Global Membro Gold

    Tamanho do pênis influencia o orgasmo feminino?



    Sim, um pênis de 13cm pode proporcionar prazer a uma mulher, mas quanto ao orgasmo por meio de penetração, aí vai depender muito da mulher.
    [​IMG]
    Muitas mulheres, talvez a maioria, não conseguem ou nunca conseguirão um orgasmo por penetração. Na penetração, o objetivo é estimular o PONTO G. O Ponto G existe, mas depende de muitos fatores, que vão desde o tamanho, diâmetro e curvatura do pênis, da mulher sentir prazer ou não no ponto G dela ou até na vontade que ela tenha de tentar experimentar essa nova sensação. O corpo feminino é mais complexo em termos de prazer e piora, conforme a moral, educação e traumas que essa mulher tenha vindo a sofrer. Por isso, muitas vezes, o problema da mulher não sentir ou atingir orgasmos vem mais do CÉREBRO do que do instinto mesmo.

    Para relembrar, mais uma vez, a mulher sente prazer com o estímulo do clitóris e do ponto g, mas toda zona erógena, como por exemplo os mamilos, quando estimulado e, dependendo do grau de satisfação da mulher com esse estímulo, pode levar a mulher ao orgasmo.
    A vagina tem em média 12 cm, mas o tesão mesmo não é o pênis “batendo” no colo do útero. O maior prazer da penetração vem logo nos 5 cm iniciais da entrada da vagina. Os toques devem ser suaves. Mas quem quiser saber mais sobre tudo isso, basta ler os artigos sobre o assunto aqui no SeR.
    O clitóris é o equivalente a glande do pênis, ou seja, ali não tem erro. Bem estimulado, a pessoa chega ao orgasmo, se não tiver nenhum impedimento psíquico.
    Sobre o tamanho do clitóris, desconheço que influencie o tamanho. Talvez o que você tenha visto foi uma mulher sem estímulo necessário. A maioria dos clitóris são pequenos e se intumescem quando a mulher se excita, mudando aí de tamanho sim. Mas as terminações nervosas em qualquer tamanho continuam as mesmas.
    É aquilo que eu disse antes, não é o tamanho, nem formato, mas como ele é estimulado.


    [​IMG]
    Quanto ao homossexualismo, eu tenho minha teoria para os dias de hoje. Muitas pessoas estão perdidas e quando somos jovens, temos essa coisa de fazer o proibido, de quebrar barreiras, de fazermos coisas para chocar aos outros e a nós mesmos. É um período de provocações, decepções e descobertas.

    O que me deixa preocupada é que cada vez mais as pessoas querem chocar ou experimentar sensações mesmo não querendo. Aí, eu considero mais um mal do que uma coisa boa para o aprendizado da vida. Mas como disse, é a minha opinião.
    Eu acredito que, se essa mulher está passando por uma fase assim, uma pessoa sensata, com quem ela tenha segurança emocional, com certeza a fará escolher entre o que ela quer de verdade.
    Mas tem uma coisa, existe o homossexualismo genético, o que dá a propensão a ser homossexual, matéria inclusive publicada na Revista Veja.
    Mas em qualquer dos casos, nada melhor do que analisar sempre toda a situação e sentir mesmo, se a pessoa tem traumas ou se é apenas uma fase de descobertas que podem influenciar ou não uma futura união heterossexual.

    Fonte: George Maria / sexoerelacionamentos / Paulo
     

    Arquivos Anexados:

    Princflowers curtiu isso.

Compartilhe esta Página

SAT25