Aprovado OE que sobe o IVA e corta salários no Estado

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 3, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Aprovado OE

    Aprovado OE que sobe o IVA e corta salários no Estado

    03/11/10

    Os relógios marcavam 16h54 quando o Parlamento aprovou na generalidade um dos orçamentos mais austeros do Portugal democrático.

    Sem surpresas, e num tom bem mais ameno que o tiroteio político da véspera, o documento foi viabilizado com os votos favoráveis dos socialistas e a abstenção dos social-democratas. Também sem surpresas, Bloco, PCP e CDS votaram contra um Orçamento que agrava o IVA para 23% e autoriza cortes de salários na Função Pública que, nos rendimentos mais elevados, vão chegar a 10%. As medidas entram em vigor a 1 de Janeiro de 2011 e têm como principal função baixar o défice para 4,6% do PIB.
    O dia fica contudo marcado por um discurso e por uma personalidade que há muito não se ouvia no debate parlamentar: Manuela Ferreira Leite. A antecessora de Passos Coelho na liderança do PSD, e candidata derrotada a chefe de Governo, afirmou perante os deputados não haver outra alternativa a este Orçamento porque "quem manda é quem paga" e "nós não mandamos nada".
    Garantida a aprovação na generalidade segue-se agora a discussão na especialidade, o palco escolhido pelo Governo para apresentar medidas adicionais no valor dos 500 milhões que custou o acordo com Eduardo Catroga.



    in DE
     
LMPC