Banco de Portugal exige correcções no crédito à habitação a 20 instituições

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 15, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Banco de Portugal exige correcções no crédito à habitação a 20 instituições


    Foram 20 as instituições de crédito que receberam advertências e determinações do Banco de Portugal sobre o crédito à habitação. A maior parte dos casos refere-se ao reembolso antecipado dos contratos.


    [​IMG]


    O supervisor revela que, entre Janeiro e Agosto, se verificou o “cumprimento das normas legais em vigor” por parte dos bancos no âmbito do crédito à habitação.

    Ainda assim, no período em análise foram realizadas “474 acções de inspecção abrangendo 42 instituições de crédito”, e “em resultado das acções de inspecção realizadas, foram emitidas 99 advertências e determinações específicas dirigidas a 20 instituições de crédito, exigindo a correcção das irregularidades detectadas”, revela o supervisor na síntese intercalar das actividades de supervisão comportamental.

    Do total das advertências, 56 incidiram sobre os reembolsos antecipados e 37 sobre a renegociação dos contratos.

    “As determinações emitidas incidiram sobretudo na exigência de correcção de irregularidades detectadas na comercialização dos ‘créditos conexos’, a que, desde de Outubro de 2009, passaram a aplicar-se novas regras em resultado da extensão do regime do crédito à habitação. As determinações para correcção das situações irregulares ou incumprimentos incidiram ainda em matérias como os contratos de crédito sinal, locação financeira ou crédito para construção de habitação”, adianta a mesma fonte.

    A autoridade liderada por Carlos Costa salienta que “o crédito à habitação é um dos mercados bancários a retalho no qual o Banco de Portugal mais intervém na fiscalização do cumprimento das disposições legais em vigor e dos princípios e regras de transparência da informação que as instituições de crédito devem prestar aos seus clientes.”



    in JNeg
     
DreamPortugal