Bancos europeus sobem juros dos depósitos

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 4, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    BCE

    Bancos europeus sobem juros dos depósitos


    04/11/10

    É mais um sinal da crise de financiamento que a banca europeia vive.

    Os dados do Banco Central Europeu (BCE), relativos ao mês de Setembro, mostram que as instituições financeiras europeias aumentaram os juros praticados para os novos depósitos às famílias. Assim, a taxa média ponderada dos novos depósitos de particulares aumentou quatro pontos base para os 2,25%.
    Esta subida reflecte uma tendência que tem sido sentida nos últimos meses. O agudizar da crise das finanças públicas de alguns países europeus, reflectiu-se na dificuldade do sector financeiro em obter financiamento no mercado interbancário. Perante esta crise, os bancos encontraram apenas duas grandes fontes de financiamento: o BCE e os depósitos dos clientes.
    Como consequência desta nova realidade, algumas instituições financeiras têm aumentado a remuneração dos depósitos para captar mais recursos. Este fenómeno tem sido particularmente evidente em Espanha, onde algumas instituições chegaram a oferecer juros de 4,5% pelos depósitos dos clientes.
    No entanto, o aumento da remuneração dos depósitos das famílias europeias poderá estar também relacionado com um outro factor: a subida das taxas Euribor. Recorde-se que estas taxas interbancárias estão em máximos dos últimos 16 meses.
    Já nos juros praticados nos empréstimos às famílias, a tendência é oposta. Segundo os dados do BCE , a taxa de juro dos empréstimos a famílias para aquisição de habitação com taxa variável, ou fixação inicial de taxa até um ano, diminuiu 5 pontos base para 2,75% em Setembro de 2010.
    No mesmo sentido, também as taxas de juro praticadas no crédito ao consumo para as famílias caíram em Setembro. Assim, a taxa média ponderada dos empréstimos a famílias para consumo, com fixação inicial de taxa entre um e cinco anos diminuiu 9 pontos base para 6,16%.



    in DE
     
LMPC