Chamar o FMI "é como dizer: 'Temos de chamar os inteligentes porque nós somos burros'".

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 10, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    FMI? "É como chamar os inteligentes por sermos burros"


    José Maria Ricciardi defende que se deve dar tudo para evitar o auxílio externo, o que exige estabilidade política e uma execução orçamental à risca em 2011.


    [​IMG]


    Num encontro com jornalistas, o presidente executivo do BES Investimento deu como possível Portugal endividar-se a taxas de 7%; o problema é "durante quanto tempo. Se for uns dias não é grave, se se prolongar pode ser problemático".

    Ricciardi considera que chamar o FMI terá consequências que "muita gente não mede". Por um lado, pelo dano reputacional que vai perdurar anos; por outro lado, porque o FMI intervém de forma diferente da dos anos 80, "pois hoje o mundo é globalizado", o que nos expõe; além disso, o FMI age "como os credores", obrigando a cortes que agravam recessões, que depois baixam as receitas fiscais, o que leva a novos cortes. Chamar o FMI "é como dizer: 'Temos de chamar os inteligentes porque nós somos burros'".




    in JNeg
     
  2. nokia

    nokia Membro Digital

    Nem mais "Temos de chamar os inteligentes porque nós somos burros" voçês não são burros andam a mamar á conta dos outros agora tem medo que venha o FMI descobrir as verdades a desviar e favorecer os amigos ou familiares.
     
DreamPortugal