Chávez expropriou 26 empresas em 34 dias

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 3, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Venezuela

    Chávez expropriou 26 empresas em 34 dias

    Económico com Lusa
    03/11/10

    Nos últimos 34 dias, 26 empresas foram expropriadas na Venezuela, segundo dados divulgados hoje pela imprensa venezuelana.

    Os Media venezuelanos apontam ainda que Hugo Chávez acelerou as expropriações depois das eleições parlamentares de 26 de Setembro de 2010.
    "Vinte e seis empresas passaram a mãos do Estado em 34 dias", diz na capa de hoje o El Nacional.
    O diário avança ainda que, "desde 2002, foram estatizadas 266 empresas, fábricas e fazendas agro-pecuárias", porque o Governo considera que se dedicam a actividades estratégicas
    Segundo Isabel Pereira, da Cedice, uma organização que luta pelo direito à propriedade privada, os números hoje divulgados são meras aproximações, porque os ex-proprietários temem que os seus nomes sejam divulgados.
    "Muitos dos afectados temem que, se aparecerem os seus nomes, não lhes processarão o pagamento, no entanto temos visto que o Estado só paga às grandes multinacionais, mas não aos venezuelanos", explica a subdirectora da Cedice ao El Nacional.
    Segundo aquela responsável, desde 2009 as palavras "socialista" e "propriedade social" passaram a fazer parte do vocabulário quotidiano do Governo venezuelano e "fala-se de socialismo marxista e de um modelo centralizado de planeamento".
    Nesse mesmo ano e de uma só vez 75 empresas que prestavam serviços à indústria petrolífera na Costa Oriental do Lago de Maracaibo foram adquiridas por Petróleos da Venezuela S.A. e 24 empresas agro-pecuárias foram "tomadas" para pôr em marcha a reconversão de cultivos.
    Em 2010 foram expropriadas 79 empresas dos sectores alimentos, comércio, petroquímico e construção.



    in DE
     
Génio Digital