Comissões de negociação da dívida pública podem ficar mais caras

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 11, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Comissões de negociação da dívida pública podem ficar mais caras


    O aumento dos "spreads" da dívida portuguesa face às obrigações alemãs pode levar a LCH.Clearnet a subir as margens cobradas nas negociações envolvendo dívida portuguesa.


    [​IMG]


    Uma das principais câmaras de compensação e liquidação na Europa, a LCH.Clearnet, disse ontem que vai passar a cobrar uma margem maior quando as negociações por ela asseguradas forem garantidas por dívida irlandesa. E o mesmo pode acontecer com Portugal.

    “Não é um processo automático, mas se os ‘spreads’ dilatarem muito acima dos 450 pontos base de forma sustentada, é provável que as câmaras tomem a mesma decisão relativamente a Portugal”, explicou à Bloomberg Giuseppe Maraffino, um estratega do Barclays PLC em Londres.

    Os juros cobrados entre os investidores para a compra de dívida portuguesa a 10 anos estão a subir 10 pontos base para 7,139%, dilatando o “spread” para 472 pontos base.

    A LCH.Clearnet, uma entidade que opera como intermediário nas transacções de activos financeiros e garante a execução de negócios bolsistas, procura com esta medida precaver-se de eventuais reestruturações em empréstimos à Irlanda e a Portugal.

    A notícia indica que os agentes de mercado estão já a incorporar o cenário proposto pela Alemanha, segundo o qual a partir de 2013 possam sofrer perdas os investidores privados em dívida de países que recorram ao fundo de resgate.




    in JNeg
     
Engisat