Desemprego em Portugal estabiliza em 10,6% em Setembro

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 9, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    OCDE

    Desemprego em Portugal estabiliza em 10,6% em Setembro


    09/11/10

    Portugal continua entre os países com mais desemprego da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

    Segundo o relatório divulgado hoje pela OCDE, o desemprego em Portugal permaneceu nos 10,6% em Setembro, em relação ao mês anterior. É a quinta taxa de desemprego mais elevada da região, apenas superada por quatro países: Espanha (20,8%), Eslováquia (14,7%), Irlanda (14,1%) e Hungria (10,8%).
    Já as taxas mais baixas pertencem à Coreia (3,7%), Holanda (4,4%), Áustria (4,5%), Luxemburgo (5%) e Australia (5,1%).
    No mesmo documento, o organismo internacional revela que, no conjunto dos 30 países que formam a OCDE, o desemprego estabilizou em 8,5% em Setembro, face a Agosto
    No final de Setembro existiam 45,5 milhões de desempregados na zona da OCDE, menos 600 mil face ao mesmo mês de 2009.



    in DE
     
  2. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Portugal permanece com sexta taxa de desemprego mais alta da OCDE

    Portugal permanece com sexta taxa de desemprego mais alta da OCDE


    A taxa de desemprego em Portugal manteve-se em Setembro em 10,6%, mantendo-se também inalterada a posição relativa do país no seio do grupo dos países desenvolvidos.


    [​IMG]


    Espanha volta a liderar isolada a tabela do desemprego entre os 33 países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), com a taxa referente ao mês de Setembro a revelar um novo agravamento, de 20,6% para 20,8%.

    Seguem-se Eslováquia (14,7%) e Irlanda (14,1%), países em que o desemprego continua igualmente a subir.

    Na Grécia, a taxa de desemprego está em 12,2%, mas este é o valor referente a Junho, último mês para o qual estão disponíveis dados internacionalmente comparáveis.

    Portugal surge na sexta posição, com uma taxa de desemprego inalterada face a Agosto (10,6%) e já quase meio ponto percentual aquém do máximo histórico de 11% atingido em Maio e Junho.

    Coreia do Sul (3,7%), Holanda (4,4%) e Áustria (4,5%) apresentam as taxas de desemprego mais baixas, sendo particularmente significativa a descida que se tem observado na Alemanha, onde o desemprego afecta agora 6,7% da população activa, bem menos que os 8,4% que se registavam em 2007, antes do deflagrar da crise financeira e económica.

    No total dos países da OCDE, 8,5% da população activa – ou seja 45,5 milhões – procurava, sem êxito, trabalho em Setembro.




    in JNeg
     
Engisat