Deutsche Bank - "Portugal evitou o pior, mas o trabalho árduo só começou"

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 1, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Deutsche Bank

    "Portugal evitou o pior, mas o trabalho árduo só começou"

    01/11/10

    O Deutsche Bank considera que o acordo entre Governo e PSD sobre o OE evitou o pior, mas alerta para as dificuldades que se aproximam.

    "Alguns pormenores ainda têm de ser definidos e as notícias vindas de Lisboa devem continuar a causar volatilidade [nos mercados] durante algum tempo, mas o pior foi evitado", diz o banco alemão numa nota de análise a que o Económico teve acesso, intitulada "Portugal: depois do acordo no Orçamento, o trabalho árduo só agora começou".
    No mesmo documento, o Deutsche Bank adianta que as suas atenções estarão agora voltadas para a implementação efectiva do orçamento, "visto que as metas para 2011 são ambiciosas face aos valores registados em 2010".
    Além disso, continua o banco alemão, o estado das contas públicas de Portugal não é o único problema macroeconómico do país, e aponta que "a evolução do défice é essencial, mas o elevado nível de endividamento no sector privado permanece uma fonte de vulnerabilidade".
    O Deutsche Bank diz ainda esperar uma "troca de palavras violenta" entre o PSD e o Governo na discussão do Orçamento, no Parlamento, "mesmo que seja alcançado um consenso final, tal como esperamos".
    O banco alemão frisa ainda que a redução do défice para 4,6% em 2011 "é uma meta ambiciosa" e que Portugal tem ainda pela frente "vários anos de ajustamentos dolorosos".



    in DE
     
LMPC