Directores de escolas deverão perder até dois terços do suplemento

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 5, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Directores de escolas deverão perder até dois terços do suplemento


    Governo altera suplementos de directores, subdirectores e adjuntos para poupar cinco milhões de euros. Directores de escolas grandes escapam.

    Os directores, subdirectores e adjuntos de escolas ou agrupamentos mais pequenos deverão perder até dois terços do suplemento remuneratório que recebem.

    De acordo com um documento do Conselho de Escolas, que se baseia numa proposta preliminar do Governo, o director de uma escola ou agrupamento de até 300 alunos passará a receber um suplemento de 200 euros. Actualmente, tem direito a 600 euros, já que o escalão mais baixo em vigor se refere a escolas com menos de 800 alunos.

    O mesmo acontece com os subdirectores e adjuntos de agrupamentos pequenos, que passam a receber 150 e 130 euros, respectivamente, quando hoje têm direito a 310 euros.




    in JNeg
     
Génio Digital