"É impensável" Portugal sair do euro

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 15, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Oliveira Martins

    "É impensável" Portugal sair do euro

    Económico com Lusa
    15/11/10

    O presidente do Tribunal de Contas defende que a moeda única constitui o "núcleo fundamental" da União Europeia.

    "É impensável. O euro constitui o núcleo fundamental da União Europeia. Esse tema não deve estar na ordem do dia", frisou hoje Guilherme d'Oliveira Martins, quando questionado sobre a possibilidade de Portugal vir a abandonar o euro.
    O ex-ministro das Finanças, que falava hoje à margem da apresentação do relatório de 2009 do Tribunal de Contas Europeu, hoje em Lisboa, defende que "temos de fazer tudo para estar dentro do euro" e que Portugal tem de "desempenhar o que de melhor lhe cabe".

    Nos últimos dias, a imprensa internacional tem destacado a possibilidade de Portugal ter de sair do euro.
    Numa entrevista publicada sábado no Expresso, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado afirmou que "o fracasso em obter uma coligação governamental ampla para enfrentar a crise financeira poderia forçar Portugal a abandonar o euro".



    in DE
     
  2. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Oliveira Martins: "É impensável" Portugal sair do euro

    Oliveira Martins: "É impensável" Portugal sair do euro


    O presidente do Tribunal de Contas e ex-ministro das Finanças, Oliveira Martins, considerou hoje "impensável" a possibilidade de Portugal ter de sair do euro e defendeu que a moeda única constitui o "núcleo fundamental" da União Europeia.


    [​IMG]


    Questionado sobre a possível saída de Portugal do euro, Guilherme d'Oliveira Martins disse: "É impensável. O euro constitui o núcleo fundamental da União Europeia. Esse tema não deve estar na ordem do dia".

    O ex-ministro das Finanças, que falava à margem da apresentação do relatório de 2009 do Tribunal de Contas Europeu, hoje em Lisboa, defendeu que "temos de fazer tudo para estar dentro do euro" e que Portugal tem de "desempenhar o que de melhor lhe cabe".

    Nos últimos dias, a imprensa internacional tem destacado a possibilidade de Portugal estar a encarar a possibilidade de ter de sair do euro.

    Numa entrevista publicada sábado no “Expresso”, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado afirmou que "o fracasso em obter uma coligação governamental ampla para enfrentar a crise financeira poderia forçar Portugal a abandonar o euro".




    in JNeg
     
  3. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Angela Merkel diz que Europa não pode deixar o euro fracassar

    Angela Merkel diz que Europa não pode deixar o euro fracassar


    A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje que o euro é a cola que mantém a Europa unida.


    [​IMG]


    Numa convenção do seu Partido União Democrática Cristã (CDU), hoje em Karlsruhe, Merkel disse que a função da Alemanha é “ser a âncora de uma nova cultura de estabilidade na Europa” para evitar uma repetição da crise da dívida, refere a Bloomberg.

    “Se o euro falhar, a Europa falha”, afirmou a chanceler (na foto) no discurso que proferiu na convenção.

    O colapso da Zona Euro significaria o fim da “ideia de união” da Europa que deu ao Velho Continente paz e prosperidade após a II Guerra Mundial, disse Merkel, citada pela agência noticiosa.

    O facto de Merkel ter relembrado a importância do euro poderá ser um sinal de que um resgate da Irlanda não seria um desastre para a Europa, comentou à Bloomberg um professor de ciências políticas da Universidade de Bona, Gerd Langguth.

    “O que ficou claro para todos é que a Alemanha apoia o euro e está pronta a ajudar com mais medidas de resgate. A parte implícita da sua mensagem foi que os problemas estão longe do gim, que há mais a caminho e que é melhor estarmos preparados para eles”, referiu à agência Kurt Lauk, que lidera um grupo de pressão empresarial no seio do CDU.

    Estas declarações de Merkel - reeleita hoje como líder do CDU - surgem na véspera do Ecofin em Bruxelas, onde a Alemanha defenderá a sua ideia de que os investidores em dívida pública devem suportar os encargos de um resgate soberano em caso de incumprimento.




    in JNeg
     
  4. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Se Portugal sair do euro é porque o euro acabou

    Se Portugal sair do euro é porque o euro acabou


    As declarações de Luís Amado correram mundo e relançaram o debate em torno de Portugal se ver forçado a abandonar o euro. É verosímil?


    [​IMG]


    "O fracasso em obter uma coligação governamental ampla para enfrentar a crise financeira poderia forçar Portugal a abandonar o euro". A afirmação do ministro dos Negócios Estrangeiros, em entrevista publicada neste sábado pelo "Expresso", foi citada em vários jornais europeus e chegou mesmo ao norte-americano "The Wall Street Journal" e ao "Folha de São Paulo" brasileiro.

    Muito provavelmente Luís Amado quis sublinhar a urgência de um entendimento partidário alargado que garanta a Portugal a estabilidade política necessária para aprovar reformas duras e impopulares, que vão para além do horizonte de uma legislatura e que nenhum governo minoritário ousará, nem terá condições, para implementar na sua plenitude. Mas a mensagem que acabou por ser retida e ecoada foi a de que a saída de Portugal do euro poderia estar ao virar da esquina. Essa é, porém, uma hipótese que faz pouco sentido.




    in JNeg
     
LMPC