Microsoft volta a afimar que Silverlight é o futuro

Discussão em 'Noticias/Informações' iniciado por zarbman, Novembro 3, 2010.

  1. zarbman

    zarbman Staff Moderador Temático Membro Gold

    Após um pronunciamento sobre a importância do Silverlight para o futuro da internet, que causou bastante desconforto na Microsoft na semana passada, Bob Muglia, que é responsável pela área de Ferramentas e Servidores, pediu desculpas oficiais e se retratou dizendo que a tecnologia com certeza fará parte da evolução que a empresa pretende garantir ao mercado.

    De acordo com a publicação do blog oficial do Silverlight desta segunda-feira, o executivo sênior deu bastante ênfase à importância que o Silverlight terá nas medidas estratégicas que a Microsoft pretende tomar.

    Além disso, Muglia tentou deixar claro que, apesar das repetidas referências ao HTML5, em sua conturbada postagem da semana passada, ele não quis dizer que o Silverlight é secundário.

    Pelo contrário, sua intenção, teoricamente, seria mostrar que o programa da Microsoft é melhor e seria mais produtivo, se comparado com a utilização de HTML5.

    "Eu entendo que o que eu disse surpreendeu algumas pessoas e causou polêmica e confusão. Como esta certamente não era a minha intenção, eu quero pedir desculpas por isso", disse Muglia em post no blog, referindo-se aos seus próprios comentários.

    Além das constantes citações sobre o HTML5, atrapalhou muito o fato de Muglia dizer que não há data para o lançamento da próxima versão deste framework de desenvolvimento, por causa de uma mudança estratégica.

    Para embasar sua argumentação e minimizar o estrago, ele explicou que a razão para isso é que os programadores querem aperfeiçoar seu código, de uma forma específica.

    As aplicações teriam que trabalhar com todos os meios e sistemas operacionais abertos e proprietários, além da preocupação em garantir que a qualidade das páginas seja a mais alta possível.

    Muglia ainda menciona no final do seu blog que o Silverlight já está instalado em dois terços dos computadores do mundo e que mais de 600.000 desenvolvedores utilizam a plataforma.
     
SatLine 24