Portugal entre as economias que mais perde com dólar fraco

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 12, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Economial

    Portugal entre as economias que mais perde com dólar fraco

    12/11/10

    O dólar forte beneficia as exportações para países terceiros, mas torna o petróleo mais caro.

    A política implícita de dólar fraco como expoente máximo da denominada "guerra cambial", que está em debate no G20 de Seul na Coreia do Sul, tem um efeito nefasto na capacidade exportadora de muitas economias europeias, com Portugal à cabeça, que vê as suas exportações aumentar de preço. Mas a valorização do euro não é compensada pelo lado das importações, nomeadamente do petróleo, avaliado em dólares, atenuando a factura externa do país. Esta é a opinião de economistas ouvidos pelo Diário Económico, à margem do confronto de palavras em Seul e uma semana depois da Reserva Federal inundar a economia norte-americana com 600 mil milhões de dólares.
    A dificuldade do Ocidente em sair da crise está a levar muitas economias a desvalorizar as suas moedas para ganhar competitividade externa, empurrando para outras o fardo do ajustamento. Economias como a China seguem o exemplo com uma espécie de indexação ao dólar, enquanto o Brasil responde com medidas de controlo de capitais. No final, a zona euro é que paga. "O euro é a válvula de escape do dólar, porque se Brasil e Coreia, apesar de terem câmbios flexíveis, têm usado o controlo de capitais travando o afluxo de dólares, o euro não tem como responder", explica, Cristina Casalino, economista chefe do BPI.



    in DE
     
SatLine 24