Portugal sobe para 31º no ranking mundial do ambiente de negócios

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 4, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Portugal sobe para 31º no ranking mundial do ambiente de negócios


    Portugal subiu dois lugares, para a 31ª posição, no ranking do "Doing Business" que anualmente é elaborado pelo Banco Mundial para informar os investidores dos pontos fracos e fortes de 183 países quando a intenção é montar um negócio.



    [​IMG]


    A classificação global resulta da apreciação qualitativa e quantitativa em nove grandes áreas: iniciar um negócio, licenças de construção, registo de propriedades, obtenção de crédito, protecção de investidores, pagamento de impostos, comércio internacional, execução de contratos e fechar uma empresa.


    No último ano, as melhorias mais significativas observadas em Portugal dizem respeito ao registo de propriedades, onde o país sobe 20 lugares, ficando mesmo na 1ª posição quando se avaliam o número de procedimentos e o tempo envolvidos nestas operações, em resultado do “Casa Pronta” – uma das inovações introduzidas no quadro do Simplex.

    Já a maior descida (quatro lugares) verifica-se no domínio do comércio internacional, onde, ainda assim, Portugal pontua relativamente bem, ao situar-se na 27ª posição.

    A obtenção de licenças de construção permanece o grande calcanhar de Aquiles (111º lugar em 183 países), com Portugal a obter a melhor classificação relativa na burocracia associada ao fecho de empresas (21º).

    O , que descreve o ambiente de negócios para 2011, continua a ser liderado por Singapura, seguindo-se Hong Kong e Nova Zelândia. O primeiro país europeu a surgir na lista dos melhores classificados é o Reino Unido (4º), seguindo-se os Estados Unidos. Irlanda, na 9º posição, é o país do euro melhor classificado. Já Portugal encontra-se entre a Holanda e a Áustria, e bem à frente de Espanha (49º lugar).




    in JNeg
     
Génio Digital