PT paga dividendo extra de 1,65 euros por acção

Discussão em 'Economia e Finanças' iniciado por JuizDidi, Novembro 3, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Telecom

    PT paga dividendo extra de 1,65 euros por acção

    03/11/10

    A operadora vai também aumentar dividendo ordinário dos actuais 57,7 para 65 cêntimos por acção.

    A administração da Portugal Telecom (PT) vai propor o pagamento de um dividendo extraordinário de 1,65 euros por acção com o encaixe da venda da Vivo, refere a operadora na sua apresentação das contas do terceiro trimestre, enviada à CMVM. Esta medida, que o mercado aguardava desde Julho, é apenas uma entre várias promessas de um ambicioso pacote de remuneração accionista que rivaliza com o que foi lançado na defesa contra a OPA da Sonaecom, em 2006.
    "A PT anunciou hoje que o seu Conselho de Administração aprovou a intenção de submeter para aprovação na próxima Assembleia Geral de Accionistas uma proposta de política de remuneração accionista consistente com o perfil financeiro da empresa no seguimento da alienação da sua participação na Vivo e em antecipação ao investimento proposto na Oi, a possível transferência para o Estado Português das responsabilidades com pensões e fundos de pensões, e o compromisso de manutenção de um sólido ‘rating' de ‘investment grade', refere a operadora liderada por Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, que a 28 de Julho chegou a acordo com a Telefónica para a venda da sua participação na Vivo, por 7,5 mil milhões de euro.

    Além de distribuir este dividendo extraordinário - que no total ascenderá a 1,5 mil milhões de euros -, a PT vai também aumentar o dividendo ordinário, dos actuais 0,57 para 0,65 euros por acção, já a partir do próximo ano. Em simultâneo, promete passar a distribuir um dividendo intercalar, a partir de 2011, em função do seu desempenho operacional.
    Este aumento da remuneração ordinária explicar-se-á com a inclusão, no perímetro de consolidação do grupo, de uma participação de pelo menos 23% da operadora brasileira Oi, cuja compra deverá estar concluída no início do próximo ano.

    Dois terços do dividendo serão pagos em Dezembro
    A proposta de remuneração accionista passa por um "dividendo excepcional de 1,65 euros por acção, do qual 1,00 euro por acção será pago em Dezembro de 2010 (como adiantamento dos lucros de 2010), relativamente ao qual é formalmente necessário que seja aprovado previamente numa reunião específica do Conselho de Administração, e 0,65 euros por acção a ser pago em Maio de 2011, sendo que este último está sujeito à aprovação da Assembleia Geral de Accionistas".
    A empresa propõe ainda "um dividendo ordinário de 0,65 euros por acção para os exercícios fiscais que terminam em 31 de Dezembro de 2010 e 2011, representando um aumento de 13% em relação ao compromisso inicial da empresa de 0,575 euros por acção para o mesmo período, e o qual está sujeito à aprovação da Assembleia Geral de Accionistas".
    A PT pretende ainda adoptar uma política de dividendos progressiva, com o objectivo de aumentar entre 3% e 5% o dividendo por acção no período de 2012 a 2014.
    Além disso, a partir de 2011, tem intenção "de aprovar o pagamento de um dividendo ordinário intercalar com base no desempenho financeiro da empresa, de modo a permitir um retorno mais homogéneo aos seus accionistas ao longo do ano".
    Tanto o dividendo excepcional e a proposta de política de remuneração estão sujeitos às condições de mercado, à condição financeira da PT, à lei aplicável no que respeita à distribuição de resultados líquidos e a outros factores considerados relevantes pelo conselho de administração em cada data, lembra a operadora liderada por Henrique Granadeiro e Zeinal Bava.





    in DE
     
  2. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Calculadora dos dividendos da PT


    Simulador

    Calculadora dos dividendos da PT

    Económico
    03/11/10

    Introduza a quantidade de acções da PT detidas e saiba quanto vai receber em dividendos este ano e em 2011.

    A Portugal Telecom anunciou hoje a sua nova política de dividendos.
    O Económico preparou um simulador para que possa calcular quanto vai receber em dividendos, extraordinários e ordinários, este ano e em 2001.






    A administração da Portugal Telecom (PT) vai propor o pagamento de um dividendo extraordinário de 1,65 euros por acção com o encaixe da venda da Vivo, refere a operadora na sua apresentação das contas do terceiro trimestre, enviada à CMVM. Esta medida, que o mercado aguardava desde Julho, é apenas uma entre várias promessas de um ambicioso pacote de remuneração accionista que rivaliza com o que foi lançado na defesa contra a OPA da Sonaecom, em 2006.
    "A PT anunciou hoje que o seu Conselho de Administração aprovou a intenção de submeter para aprovação na próxima Assembleia Geral de Accionistas uma proposta de política de remuneração accionista consistente com o perfil financeiro da empresa no seguimento da alienação da sua participação na Vivo e em antecipação ao investimento proposto na Oi, a possível transferência para o Estado Português das responsabilidades com pensões e fundos de pensões, e o compromisso de manutenção de um sólido ‘rating' de ‘investment grade', refere a operadora liderada por Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, que a 28 de Julho chegou a acordo com a Telefónica para a venda da sua participação na Vivo, por 7,5 mil milhões de euro.
    Além de distribuir este dividendo extraordinário - que no total ascenderá a 1,5 mil milhões de euros -, a PT vai também aumentar o dividendo ordinário, dos actuais 0,57 para 0,65 euros por acção, já a partir do próximo ano. Em simultâneo, promete passar a distribuir um dividendo intercalar, a partir de 2011, em função do seu desempenho operacional.
    Este aumento da remuneração ordinária explicar-se-á com a inclusão, no perímetro de consolidação do grupo, de uma participação de pelo menos 23% da operadora brasileira Oi, cuja compra deverá estar concluída no início do próximo ano.

    Dois terços do dividendo serão pagos em Dezembro

    A proposta de remuneração accionista passa por um "dividendo excepcional de 1,65 euros por acção, do qual 1,00 euro por acção será pago em Dezembro de 2010 (como adiantamento dos lucros de 2010), relativamente ao qual é formalmente necessário que seja aprovado previamente numa reunião específica do Conselho de Administração, e 0,65 euros por acção a ser pago em Maio de 2011, sendo que este último está sujeito à aprovação da Assembleia Geral de Accionistas".
    A empresa propõe ainda "um dividendo ordinário de 0,65 euros por acção para os exercícios fiscais que terminam em 31 de Dezembro de 2010 e 2011, representando um aumento de 13% em relação ao compromisso inicial da empresa de 0,575 euros por acção para o mesmo período, e o qual está sujeito à aprovação da Assembleia Geral de Accionistas".
    A PT pretende ainda adoptar uma política de dividendos progressiva, com o objectivo de aumentar entre 3% e 5% o dividendo por acção no período de 2012 a 2014.
    Além disso, a partir de 2011, tem intenção "de aprovar o pagamento de um dividendo ordinário intercalar com base no desempenho financeiro da empresa, de modo a permitir um retorno mais homogéneo aos seus accionistas ao longo do ano".
    Tanto o dividendo excepcional e a proposta de política de remuneração estão sujeitos às condições de mercado, à condição financeira da PT, à lei aplicável no que respeita à distribuição de resultados líquidos e a outros factores considerados relevantes pelo conselho de administração em cada data, lembra a operadora liderada por Henrique Granadeiro e Zeinal Bava.




    in DE
     
  3. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    PT dispara 5,7% para 11 euros com contas e dividendos


    PSI 20

    PT dispara 5,7% para 11 euros com contas e dividendos

    03/11/10

    Os títulos da Portugal Telecom (PT) estão hoje a negociar em máximos de uma década.

    O principal índice português, o, ganha 1,07% pontos, máximos de mais de seis meses, a caminho da quinta sessão de ganhos consecutiva.
    A praça nacional tem-se mantido à indiferente à crispação política em torno do Orçamento. "É muito mais uma crise do Estado do que uma crise do país e ainda menos uma crise das empresas, que deverão continuar a monitorizar as suas condições de negócio como até aqui, sem se deixar influenciar em demasia pelo frenesim que beneficia sobretudo os media e alguns sectores políticos", comenta Filipe Garcia, presidente da IMF.
    As acções da Portugal Telecom (PT) brilham em Lisboa, com ganhos de 5,7% para 11 euros, o valor mais alto desde Julho de 2000. Tudo isto no dia em que a operadora revelou que vai propor o pagamento de um dividendo extraordinário de 1,65 euros por acção com o encaixe da venda da Vivo. Em comunicado enviado à CMVM, a empresa de Zeinal Bava indicou ainda que obteve um lucro de 5,6 mil milhões de euros nos primeiros nove meses do ano. Este valor é superior às estimativas dos analistas, cuja média apontava para um resultado líquido de 4,4 mil milhões.



    in DE
     
  4. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    "É uma das melhores políticas de remuneração do sector"


    Zeinal

    "É uma das melhores políticas de remuneração do sector"

    Económico
    03/11/10

    Zeinal Bava afirmou hoje que a nova política de dividendos anunciada hoje pela PT "é uma das melhores" no sector e um sinal de confiança.

    "A nossa confiança no 'outlook' futuro para o nosso negócio é sublinhado pelo anúncio de um aumento de 13% do dividendo ordinário por acção em 2010 e 2011 e na implementação de uma política de dividendos progressiva para 2012-2014", afirmou Zeinal Bava em entrevista telefónica, à Reuters.
    A PT anunciou hoje que vai propor a distribuição de um dividendo ordinário de 0,65 euros por acção em relação aos exercícios deste ano e do próximo e também um aumento entre 3 e 5% da política de dividendos entre 2012 e 2014.
    "Acreditamos que esta é uma das melhores políticas de remuneração no nosso sector e um sinal da nossa confiança no outlook de médio-longo prazo do nosso negócio", adiantou Bava.
    A empresa vai também propor a distribuição de um dividendo especial de 1,65 euros por acção depois da venda da sua posição na brasileira Vivo, que elevou o lucro da portuguesa para 5,35 mil milhões de euros no terceiro trimestre de 2010.
    Deste dividendo especial, 1,0 euro por acção será pago em Dezembro de 2010, como adiantamento dos lucros de 2010, e o valor 0,65 euros por acção será pago em Maio de 2011.
    Zeinal Bava adiantou também que as negociações com os accionistas-chave da Telemar para a conclusão da parceria estratégica com a Oi estão a correr de forma tranquila e que a PT espera a conclusão do processo até ao final do primeiro trimestre de 2011.
    "A conclusão do nosso investimento na Oi vai de novo dar-nos escala, diversificação geográfica e exposição a uma economia com um muito bom momentum, tornando a PT como um caso único no contexto do sector na Europa", afirmou.
    As receitas e o EBITDA da PT nos nove meses de 2010 foram pressionadas pelos negócios domésticos, sobretudo no móvel -- TMN --, que foram afectados pelo ambiente macroeconómico difícil em Portugal.
    Bava frisou que a PT quer continuar a crescer nos seus mercados estratégicos - Portugal, Brasil e África - estando a "monitorizar de perto qualquer oportunidade" de M&A, sem comprometer os dividendos, a dívida e os 'ratings' do grupo mas o destino do encaixe da venda da Vivo está decidido.
    "Do encaixe da Vivo, vamos reinvestir 50% na Oi e no compromisso com os nossos accionistas em ligeiramente mais do que 20%", disse Bava.
    "Do restante, esperamos pré-financiar parte das responsabilidades com o fundo de pensões, apesar das negociações com o Estado estarem ainda a decorrer, e o resto vamos alocar para investimentos adicionais no desenvolvimento numa rede de topo de gama no fixo e no móvel", acrescentou o CEO da PT.



    in DE
     
  5. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Accionistas da PT vão pagar taxa de 29% sobre dividendos

    Operadora

    Accionistas da PT vão pagar taxa de 29% sobre dividendos


    Solução para escapar às novas regras previstas no OE 2011 seria pagar o dividendo já este ano.

    Os accionistas portugueses da Portugal Telecom (PT) terão de pagar um imposto de 29% sobre o dividendo extraordinário que a operadora deverá distribuir com o encaixe de 7,5 mil milhões da venda da Vivo, ao abrigo das novas regras previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2011, apresentada há duas semanas.
    A medida deverá afectar accionistas como o BES (7,99%), Caixa (7,3%), Ongoing (6,7%), que detém o Diário Económico, e Visabeira (2,5%), que apenas poderão escapar a esta taxa surpresa se a operadora pagar o aguardado dividendo extra já este ano e não em 2011.
    A cobrança de imposto vai aplicar-se a participações accionistas em todas as cotadas nacionais. Mas o caso da PT é considerado paradigmático pelas fontes ouvidas pelo Diário Económico, na medida em que se aguarda uma decisão sobre um dividendo extraordinário que, segundo os analistas, será de entre um a dois mil milhões de euros. O maior de sempre em Portugal.
    Em causa está o facto de a proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano prever o fim da isenção de IRC sobre os dividendos de participações inferiores a 10% do capital.
    "Na base desta isenção está a eliminação da dupla tributação dos rendimentos, que tem como pressuposto que tais dividendos provêm de lucros que já foram sujeitos a IRC ao nível da sociedade distribuidora, não se justificando assim uma nova tributação", explicou ao Diário Económico o advogado Patrick Dewerbe, sócio da Rui Pena, Arnaut & Associados.




    in DE
     
  6. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    PT vai pagar dividendo extraordinário de 1,65 euros por acção

    PT vai pagar dividendo extraordinário de 1,65 euros por acção


    A Portugal Telecom anunciou hoje a remuneração que vai pagar aos accionistas nos próximos anos. Em dividendos extraordinários a PT, devido à venda da Vivo, a empresa vai pagar 1 euro por acção já em Dezembro mais 0,65 euros em Maio. No total a remuneração ascende a 1,5 mil milhões de euros, o que corresponde a 20% do encaixe com a venda da Vivo.


    [​IMG]


    A Portugal Telecom anunciou hoje que vai pagar aos accionistas um dividendo extraordinário de 1,65 euros.

    Esta remuneração extraordinária totaliza 1,5 mil milhões de euros, o que corresponde a 20% do encaixe de 7,5 mil milhões de euros que a empresa registou com a venda da participação na Vivo à Telefónica.

    Do dividendo extraordinário, a maior parte – 1 euro por acção – será pago já em Dezembro, pelo que escapará à alteração na fiscalidade prevista no Orçamento do Estado de 2011.

    A outra parte – 0,65 euros por acção – será paga em Maio do próximo ano. Contudo, em 2001, os accionistas da PT vão receber também o dividendo ordinário, que será igualmente de 0,65 euros.

    Como nota a PT no comunicado com a apresentação de resultados, esta remuneração referente aos resultados de 2010 representa um aumento de 13% face aos 0,575 euros que a empresa se tinha comprometido com os accionistas.

    Em 2012, referente ao exercício do próximo ano, a PT compromete-se desde já a pagar a pagar também um dividendo ordinário de 0,65 euros por acção.

    Para os anos posteriores, a administração da PT pretende adoptar “uma política de dividendos progressiva, com o objectivo de aumentar entre 3% e 5% o dividendo por acção para o período entre 2012 e 2014”.

    Outra novidade na política de remuneração da PT, divulgada hoje, diz respeito ao objectivo da PT de passar a pagar dividendos intercalares. Este será determinado com base no desempenho financeiro da empresa, “de modo a permitir um retorno mais homogéneo aos seus accionistas ao longo do ano”.

    Habitualmente os dividendos intercalares são pagos no último trimestre do ano em causa, sendo o complementar pago no segundo trimestre do ano seguinte.

    A PT alerta que “o dividendo excepcional e a proposta de política de remuneração estão sujeitos às condições de mercado, à condição financeira da PT, à lei aplicável no que respeita à distribuição de resultados líquidos, incluindo aprovações adicionais pela Assembleia Geral, quando aplicável, e a outros factores considerados relevantes pelo Conselho de Administração em cada data”.

    Com esta nova política de remuneração aos accionistas, a PT diz que “irá reforçar o seu compromisso de continuar a oferecer um retorno accionista e distribuição de free cash flow de referência no sector, mantendo em simultâneo um balanço sólido e flexibilidade financeira para continuar a investir nos seus mercados principais, em novos produtos e serviços e a manter a sua posição competitiva estratégica de longo prazo”.

    Dos 7,5 mil milhões de euros recebidos com a venda da posição na Vivo, a PT irá reinvestir o que “sobrar” do pagamento de dividendos, ou seja, 6 mil milhões de euros.




    in JNeg
     
  7. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Maiores accionistas ficam com mais de metade da remuneração especial da PT

    Maiores accionistas ficam com mais de metade da remuneração especial da PT


    BES, CGD e Ongoing encaixam mais de 100 milhões de euros, cada, com dividendo extraordinário resultante da venda da Vivo.


    [​IMG]


    A Portugal Telecom (PT) vai entregar mais de 1.500 milhões de euros aos accionistas, em dividendos resultantes da venda da posição na brasileira Vivo, sendo que mais de metade deste “bolo” terá como destino os maiores investidores da operadora liderada por Zeinal Bava.

    Os accionistas de referência da PT (que detêm mais de 2% do capital da operadora) irão encaixar 882 milhões, ou seja, 59% da remuneração total que a dona da TMN vai entregar aos investidores. Parte deste valor será pago já este ano, evitando que os maiores accionistas sejam penalizados pelo aumento da tributação em sede de IRC, em 2011.

    Os mais beneficiados com esta remuneração são portugueses. O BES, a Caixa Geral de Depósitos e a Ongoing vão encaixar um total de 326 milhões de euros. Ou seja, mais de 100 milhões cada, com o banco liderado por Ricardo Salgado à cabeça. Só o BES, que tem quase 8% do capital da PT, encaixa 118 milhões.

    Há outro accionista português que será beneficiado. É o Grupo Visabeira, que pode receber 37 milhões, ligeiramente mais do que os 29 milhões de euros que a Telefónica (empresa a quem foi vendida a posição no capital da Brasilcel, a “holding” que detém a Vivo) deverá encaixar, isto caso mantenha a posição na PT.




    in JNeg
     
  8. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Rendibilidade do dividendo extraordinário da PT é de 15%

    Rendibilidade do dividendo extraordinário da PT é de 15%


    Remuneração especial, resultante do encaixe com a venda da Vivo é de 1,65 euros por acção.
    A Portugal Telecom (PT) vai entregar aos accionistas um total de 1.500 milhões de euros em dividendos extraordinários.



    O valor por acção é de 1,65 euros o que, à cotação actual, corresponde a um rendibilidade de mais de 15%.

    A primeira tranche da remuneração especial será entregue já em Dezembro. O dividendo será de 1,00 euro, ao qual se junta posteriormente uma remuneração de 0,65 euros por acção, a pagar no próximo ano.

    No total, os 1,65 euros que a PT vai entregar aos accionistas apresentam uma rendibilidade de 15,4%, isto tendo em conta a cotação actual das acções da operadora. Os títulos seguem a negociar nos 10,70 euros, a subir 2,88%.

    Também a rendibilidade da remuneração ordinária sobe, já que o dividendo foi revisto em alta. Subiu 13%, de 0,575 para 0,65 euros. O “dividend yield” da PT é, à cotação actual, de 6%.




    in JNeg
     
  9. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    Calculadora: Saiba quanto vai receber com os dividendos da PT

    Calculadora: Saiba quanto vai receber com os dividendos da PT

    O Negócios preparou uma calculadora para que possa saber quanto vai receber em dividendos da PT. Tanto com os extraordinários, como o ordinário, a pagar em 2011.


    A PT apresentou um pacote de remuneração accionista no valor de 1,5 mil milhões de euros, cerca de 20% do encaixe obtido com a venda da Vivo. A maior “fatia” desta remuneração será entregue ainda este ano, através de um dividendo especial de 1,00 euro. Saiba quanto vai receber.

    Além de fazer contas a quanto irá encaixar com esta primeira tranche, o Negócios permite-lhe ainda saber qual o valor a receber na segunda ronda de remuneração extraordinária aos accionistas. Nesta fase, a operadora liderada por Zeinal Bava irá entregar 0,65 euros por acção.

    A somar a isto, há ainda o dividendo ordinário que será pago em Maio, tendo como referência os lucros de 2010. A administração da PT subiu o valor de 0,575 para 0,65 euros. Veja quanto irá encaixar, já excluindo a taxa de 21,5% que incide sobre a remuneração.




    Calculadora aqui:


    _http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=451811










    in JNeg
     
  10. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold

    PT entrega 10 mil milhões aos accionistas numa década

    Dividendos

    PT entrega 10 mil milhões aos accionistas numa década


    A Portugal Telecom voltou a surpreender. Além do valor do dividendo extraordinário, a operadora prometeu aumentar a remuneração anual aos investidores. Nos próximos anos vai entregar mais de 4,5 mil milhões de euros aos accionistas.


    [​IMG]


    Este montante junta-se a um total de 5,5 mil milhões de euros entregues pela operadora liderada por Zeinal Bava nos últimos anos. A política de remuneração accionista da PT tornou-se mais agressiva depois de ter sido alvo da OPA da Sonaecom, em 2006, que levou a empresa a realizar uma operação de recompra de acções, o "spin-off" da PT Multimédia (a actual Zon), e o aumento dos dividendos.

    Com a venda da Vivo à Telefónica, a política de remuneração da PT volta agora a sofrer alterações, com benefício para os investidores. A operadora vai pagar um dividendo extraordinário de 1,65 euros, a que se junta um outro, ordinário de 0,65 euros. O valor total dos dividendos referentes ao ano 2010, ascende a 2,30 euros, por acção. É a remuneração mais elevada de sempre alguma vez paga por uma empresa portuguesa.




    in JNeg
     
DreamPortugal