Quatro membros do Governo de Berlusconi demitem-se

Discussão em 'Europa' iniciado por JuizDidi, Novembro 15, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Itália

    Quatro membros do Governo de Berlusconi demitem-se

    15/11/10

    A tensão política em Itália agrava-se, tendo quatro membros do Executivo de Silvio Berlusconi apresentado hoje a sua demissão.

    O primeiro-ministro italiano continua a enfrentar fortes pressões dentro e fora do partido para resignar ao cargo, o que poderia obrigar a eleições antecipadas no país.
    Para culminar da situação quatro membros da sua equipa - um ministro, um ministro adjunto e dois secretários de Estado - decidiram hoje abandonar o cargo para juntarem-se ao novo partido de Gianfranco Fini (Futuro e Liberdade para Itália). Gianfranco Fini, que fundou junto com Berlusconi o partido do poder (Povo da Liberdade) em 2008, abandonou o mesmo em Julho em guerra aberta com Berlusconi.
    As tensões entre os dois políticos intensificaram-se ainda mais depois de Fini ter pedido a demissão de Berlusconi no início do mês, o que levou o primeiro-ministro a tomar a arriscada decisão de anunciar a votação de uma nova moção de confiança, assim que o Orçamento para 2011 esteja aprovado. Já em Setembro Berlusconi submeteu-se a uma moção de confiança no Parlamento, a qual venceu por 342 votos a favor e 275 contra.
    O primeiro-ministro italiano pretende desta forma clarificar o cenário político, tendo jogado com o 'timing' pensando que Fini e o seu grupo parlamentar deixariam passar o voto de legitimação do Executivo por não estarem ainda preparados para ir a eleições com um partido recém-criado.
    "Berlusconi ainda pode sobreviver por mais um mês, mas os equilíbrios de poder já não estão a seu favor", explicou Maurizio Pessato, da empresa de sondagens SWG, à Reuters.



    in DE
     
LMPC