União dos Sindicatos Independentes junta-se à greve pela primeira vez

Discussão em 'Nacional (Notícias)' iniciado por JuizDidi, Novembro 10, 2010.

  1. JuizDidi

    JuizDidi Staff Moderador Temático Membro Gold


    Protestos

    União dos Sindicatos Independentes junta-se à greve pela primeira vez

    Económico com Lusa
    10/11/10

    O presidente do Sindicato dos Quadros e Técnicos Bancários, um dos treze que integra a União dos Sindicatos Independentes, anunciou hoje a adesão desta confederação à greve geral.

    Esta é a primeira vez que o SQTB participa numa greve, adiantou Afonso Diz, afirmando que "todos os cidadãos têm direito à indignação" perante um OE que "atropela o Estado de Direito e a Constituição da República".
    O presidente do SQTB sintetizou que são "independentes, mas não indiferentes", a propósito da adesão da USI que agrupa treze sindicatos independentes e representa 55 mil trabalhadores.
    Numa conferência de imprensa em que não poupou críticas e insultos aos membros do Governo, Afonso Diz apontou "várias inconstitucionalidades" no Orçamento do Estado (OE) para 2011 e admitiu que a vinda do FMI, embora não seja desejável, "é inexorável face ao incumprimento de que o Governo tem dado provas".
    A redução dos salários aos trabalhadores, que viola o princípio da irredutibilidade, e o carácter retroactivo dos impostos, que vai contra "um princípio sagrado do direito fiscal", foram algumas das medidas censuradas pelo sindicalista.
    Mas não só: "Até 2014, não vai haver negociação coletiva na função pública. Isto diz bem da desgraça em que estes patifes nos colocaram, deviam estar na prisão", indignou-se Afonso Diz, para quem "o princípio da confiança num Estado de Direito e democrático está nas ruas da amargura".



    in DE
     
SatLine 24